DICAS


Evite Acidentes:

• Não entregue a direção a pessoas inabilitadas ou habilitadas com categoria diferente do veículo;
• Não use farol alto;
• Nunca dirija com sono, cansado ou sob efeito de drogas;
• Dirija sempre portando os documentos de habilitação e do veículo em dia;
• Respeite a sinalização;
• Respeite pedestres na faixa de segurança;
• Não ultrapasse a velocidade permitida para a via;
• Mantenha distância de segurança do veículo a frente;
• Não pratique “pegas”;
• Não transporte crianças com menos de 10 anos no banco dianteiro;
• Não usar o celular, comer ou fumar enquanto dirigir;
• Não transportar passageiros em veículo de carga;
• Verifique para que todos os passageiros do veículo estejam usando o cinto de segurança;
• Tenha sempre os seguintes equipamentos de segurança no carro: extintor de incêndio, triângulo e macaco;
• Nunca dirija com crianças no colo e não deixe que coloquem mãos, braços e cabeças para fora do veículo;
• Nunca ultrapasse pela direita e mantenha distância dos outros veículos;
• Faça revisões rotineiras. Os veículos desregulados podem provocar: excesso de fumaça preta e fuligem, aumento do consumo de combustível e desgaste do motor, dificuldade de visibilidade nas estradas e danos à saúde e ao meio ambiente.


Em caso de acidentes de Trânsito:

• A primeira atitude que deve ser tomada, em caso de acidente, é procurar um telefone para acionar os serviços de emergência especializados;
• Avalie o local antes de fazer qualquer coisa;
• Pare seu veículo em local seguro a aproximadamente 30 metros da sinalização do triângulo e galhos de árvores, ligue o pisca-alerta, etc;
• Ilumine o local com lanterna ou luz do veículo, jamais use fósforo ou uma chama de fogo exposta;
• Coloque as luvas de procedimentos (de borracha);
• Não remova ninguém, a não ser que haja perigo de incêndio, pois as pessoas podem estar com algum membro quebrado, o que prejudicaria mais o seu estado de saúde;
• Se houver alguma vítima do acidente presa pelo cinto de segurança, e ele estiver emperrado, corte-o;
• Mantenha a calma;
• Procure ser diligente, mas não faça às pressas. Procure inspirar confiança, afaste os curiosos e evite comentários trágicos sobre o estado das pessoas machucadas (feridas). Geralmente as que estão em situação pior não são aquelas que gemem e gritam de dor e sim as que ficam caladas em seu canto, ou então estão desacordadas. A pessoa que necessita de ajuda rápida é a pessoa que pode morrer nos próximos instantes, a não ser que seja socorrida imediatamente.




Desenvolvido por VOOLX